Hospital Metropolitano

Quando consultar um obstetra?Voltar

19-05-2017

Profissional fala da importância do acompanhamento durante a gravidez.

Dois profissionais se destacam quando o assunto é saúde feminina: o ginecologista e o ginecologista obstetra. O primeiro deve ser procurado pela mulher logo após a primeira menstruação ou no início da vida sexual. Por sua vez, o segundo é responsável por cuidar dela quando há intenção de engravidar ou quando já está à espera de um filho.

De acordo com o ginecologista e obstetra do Hospital Metropolitano João Gabriel Nicoletti, é esse profissional que orienta as gestantes sobre os cuidados com a alimentação, as mudanças que acontecerão no corpo e outras questões intrínsecas ao período.

“Ele vai instruí-la sobre os sinais que podem indicar algum problema ou doença perigosa para a mãe e o feto, como a pré-eclâmpsia, tal qual a ocorrência de sangramento ou de inchaço e o aumento da pressão arterial”, explica o médico.

Na hora do parto
Dores fortes no abdômen, na maioria das vezes, são o anúncio da chegada do bebê, ou seja, o início do trabalho de parto. Nicoletti descreve o momento: “a grávida sente contrações rítmicas (que vão e voltam), duradouras e que se tornam cada vez mais doloridas e frequentes com o tempo. Nesta hora, pode haver ou não a ruptura da bolsa de água onde está o bebê”.

Segundo o obstetra, muitos fatores são analisados para definir qual o melhor tipo de parto para cada gestante, como histórico de hipertensão, problemas ósseos ou na pelve e nos rins. “Consideramos os riscos e os benefícios caso a caso para indicar se é possível o parto normal ou se é necessário realizar cesárea”, esclarece.

João Gabriel Nicoletti destaca que a intervenção médica no parto normal é a mínima possível, o que torna a recuperação da mulher mais rápida, e alerta: “em caso de emergência, priorize a busca por atendimento especializado”.

Av. Eudes Scherrer de Souza, 488, Laranjeiras - Serra - ES - CEP: 29165-680 - Telefone: +55 (27) 2104-7000